Hera Consultoria e Treinamento

Notícias Hera Consultoria e Treinamento

Inventário de Áreas Contaminadas de Minas Gerais é divulgado pela FEAM
Considerado um importante instrumento de gestão ambiental, o Inventário de Áreas Contaminadas de Minas Gerais foi divulgado pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), que mantém, desde 2007, o banco de dados com informações sobre essas áreas no território mineiro. Os dados constantes no inventário trazem informações como a localização da área, quais os contaminantes presentes no solo e na água subterrânea, bem como a etapa do gerenciamento em que se encontram.

Os dados relativos ao ano de 2017 registram que Minas Gerais possui 655 áreas contaminadas cadastradas em todo o território. A capital Belo Horizonte concentra 201 áreas, o que representa 31% do total.

O maior número de empreendimentos com áreas contaminadas corresponde aos postos de combustíveis (76%), incluindo o comércio varejista de combustíveis e revendedores de gasolina, álcool e diesel. As atividades da indústria metalúrgica e o transporte ferroviário aparecem em segundo e terceiro lugares, representando 10% e 7%, respectivamente. Outras atividades como refino de petróleo (3%), atividades minerárias (2%) e base de combustíveis (2%), também constam na lista.

Diferente do que ocorre no Estado de São Paulo, em Minas os principais contaminantes identificados, depois dos hidrocarbonetos aromáticos (BTXE) e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), são os metais, cujo percentual encontrado foi de 28%. 

Clique aqui e confira o inventário na íntegra.

Fonte: FEAM
Hera Consultoria e Treinamento Ltda. Todos os direitos reservados 2012 ©
Labraro